Notícias

Mais de 700 mil maços de cigarros sem nota fiscal são apreendidos em caminhão em Vitória da Conquista

04 de mai - 12h15

Um carregamento irregular de 750 mil maços de cigarros com nota fiscal fraudulenta foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no último domingo (2), durante fiscalização na BR-116, em Vitória da Conquista. O flagrante ocorreu durante abordagem a um caminhão com placa do Rio de Janeiro, no km 830 da rodovia. Ao abrir o compartimento de carga do veículo, foram encontradas centenas de caixas de papelão com os pacotes de cigarro de origem nacional. 

Questionado sobre a mercadoria, o condutor do veículo apresentou uma nota fiscal que foi emitida de forma fraudulenta. Ele informou que os produtos haviam saído de Duque de Caxias (RJ) e seriam entregues em Salvador. Relatou também que recebeu R$13 mil pelo serviço. 

A carga foi encaminhada à Secretaria da Fazenda da Bahia (Sefaz) para regularização fiscal, o que inclui o pagamento dos tributos e multas provenientes da irregularidade.

Notícias Relacionadas

Suspeito de latrocínio é preso em Campo Formoso

De acordo com o coordenador da 19ª Coorpin, delegado Felipe Néri Neto, os policiais receberam a denúncia de que o homem estava escondido na zona rural de Campo Formoso

14 de mai - 11h50

Motorista de aplicativo atropela duas mulheres após ser baleado na noite desta quinta-feira (13)

Ainda não há informações sobre o autor dos disparos.

14 de mai - 10h25

Maconha e cocaína são apreendidas por Rondesp Chapada

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), as drogas foram encontradas na cidade de Mucugê e os oficiais chegaram à rua após uma denúncia anônima e pegaram o homem em flagrante

13 de mai - 13h43

Fuzil é apreendido com dois suspeitos de roubo a bancos

Os criminosos e todo material foram apresentados na 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin)

13 de mai - 12h43

Delegacia de Proteção à Pessoa disponibiliza página no Instagram para auxiliar busca por desaparecidos

Três casos que estão sendo investigados receberam informações precisas, que fizeram as investigações avançarem

13 de mai - 07h32