Notícias

Filhos de Bolsonaro barraram reunião com embaixador da China no Planalto, lembra Mandetta

04 de mai - 14h55

Por: Alexandre Galvão

Médico ortopedista e ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta lembrou das resistências da família Bolsonaro à China. Em depoimento hoje (4) à CPI do Covid, o ex-titular da pasta disse que os filhos do presidente da República barraram uma reunião com o embaixador da China no Palácio do Planalto. 

“Um dia eu fui no Palácio do Planalto e eles estavam lá. Eu disse que tinha que conversar com o Embaixador, me disseram que não levassem lá”, relatou. 

Ainda segundo Mandetta, o Ministério da Relações Exteriores também não colaborava com os trabalhos. “O Ministério de Relações Exteriores... eu dependia dos insumos da China. Era mais do que necessário ter bom diálogo. Tinha dificuldade com ele [o ministro], o outro filho, Eduardo, tinha rotas de colisão com a China”.

Notícias Relacionadas

Rodrigo Maia diz que caráter de ACM Neto é menor que sua altura

Ex- presidente da câmara e aliado, ataca ACM com comentários em rede social

14 de mai - 18h34

Ministério da Saúde assina compra de 100 milhões de doses da Pfizer

Até o fim do ano o Brasil deve receber 200 milhões de doses de imunizantes da farmacêutica

14 de mai - 17h46

ACM Neto alfineta Dória após saída do vice-governador de São Paulo do Democratas

Rodrigo Maia rebate ACM chamando-o de “oportunista”

14 de mai - 17h09

Vereadora trans de Niterói deixa o país após ser alvo de ameaças

Benny Briolly recebeu diversas ameaças, inclusive de morte

14 de mai - 16h25