Política
Compartilhar

Vereadora trans de Niterói deixa o país após ser alvo de ameaças

Foto: Reprodução Facebook | Por Redação LD Notícias no dia 14 de mai - 16h25

A primeira vereadora trans de Niterói, no Rio de Janeiro, Benny Briolly (PSOL), deixou o país após receber ameaças de morte. Entre as ameaças feitas à parlamentar, uma dizia que, caso Briolly não renunciasse do cargo, ela seria morta. 

A decisão pela saída temporária da parlamentar do país foi dada pelo PSOL, por conta das recorrentes ameaças à integridade física que Benny vinha sofrendo. 

Segundo nota da assessoria da parlamentar, desde que foi eleita, Benny vem sofrendo uma série de violências, inclusive antes de ser empossada quando a mesma foi acompanhar uma sessão na Câmara, um vereador incitava seus eleitores a atacar Briolly. 

Ainda segundo a nota, instituições que atuam na proteção de defensoras de direitos humanos vem acompanhando esses acontecimentos e estão cada vez mais preocupadas com o aumento do risco.

Relacionadas

Assista no Youtube

Entrevista com o secretário de Manutenção de Salvador, Luciano Sandes

21 de jun - 08h09