Política
Compartilhar

CPI prevê efeito cascata e foco governista esvaziado após STF livrar governador de prestar depoimento

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado | Por Redação LDNotícias no dia 11 de jun - 08h30

Senadores da CPI da Covid dizem acreditar que a decisão da ministra Rosa Weber (STF) de autorizar o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), a não depor na comissão pode ter um efeito cascata.

A magistrada do Supremo Tribunal Federal afirmou que a regra de não depor só vale para gestores que respondem a investigação na Justiça, uma vez que a jurisprudência atual da corte estabelece que ninguém pode ser obrigado a produzir provas contra si mesmo.

Como a CPI havia aprovado a convocação apenas de governadores que foram alvo de operação policial, a avaliação é que o precedente com Wilson Lima pode ser estendido aos demais, barrando todas as oitivas dos responsáveis por Executivos estaduais.

Assim, corre risco de ser esvaziada a estratégia de senadores governistas de ampliar o foco das investigações para dividir com governadores o desgaste gerado ao presidente Jair Bolsonaro pelo trabalho da comissão.

De acordo com a Folha, o governador do Amazonas prestaria depoimento à CPI nesta quinta-feira (10), mas deixou de comparecer após a decisão tomada horas antes por Rosa Weber.

Relacionadas

Assista no Youtube

Entrevista com o secretário de Manutenção de Salvador, Luciano Sandes

21 de jun - 08h09