Bahia
Compartilhar

Máfia das próteses: MPF quer ajuda do MP para investigar médicos baianos 

Por Alexandre Galvão no dia 23 de jun - 11h35 | Foto: Divulgação

Máfia das próteses: MPF quer ajuda do MP para investigar médicos baianos 

O Ministério Público Federal (MPF) pediu ajuda ao Ministério Público Estadual da Bahia (MP-BA) para dar prosseguimento às investigações em relação a médicos baianos supostamente envolvidos na “Máfia das próteses”. 

De acordo com despacho datado desta terça-feira (22), a procuradora da República, Ana Paula Fonseca Góes de Araújo, pede acesso a documentos que mencionam os médicos Alexandre Machado Andrade, Carlos Alexandre de Sá Venoso, Jayme Batista Freire de Carvalho e Roberto Pinto de Carvalho. Eles, supostamente, fizeram parte do grupo criminoso que realizava cirurgias desnecessárias, falsificavam prontuários e boletins médicos e chegavam a simular atos cirúrgicos para lucrar com o mercado de dispositivos médicos implantáveis (DMI) ou órteses, próteses e materiais especiais (OPME). 

No documento, Ana Paula pede que “se realize contato por e-mail ou telefônico com o órgão do MP=BA responsável pela elaboração do declínio de competência e busque, junto a esses, um meio de acesso ao conteúdo do procedimento IDEA nº 003.0.204811/2015 e de seus documentos referenciados”.  A procuradora determinou ainda a conversão em “procedimento investigatório criminal”.

Relacionadas