Bahia
Compartilhar

Governo da Bahia comemora crescimento do PIB do Agro

Por Redação LDNotícias no dia 14 de set - 18h51 | Foto: Ascom/Seplan

Governo da Bahia comemora crescimento do PIB do Agro

A sequência de resultados positivos da economia da Bahia continua no segundo trimestre do ano. Nesta terça-feira (14), as pastas estaduais do Planejamento e da Agricultura estão realizadas com o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio, registrando o crescimento de 8,5%, se comparado com mesmo período em 2020.

Apesar de continuar pontuando negativamente, em agosto, o Indicador de Confiança do Empresariado Baiano (ICEB) também foi celebrado pelo Governo, pois apresentou redução da desconfiança no meio empresarial baiano e evolução na relação, se considerado o mesmo período do ano passado, caindo de -301 para -41 pontos. 

O vice-governador e secretário do Planejamento, João Leão, avalia positivamente o movimento de evolução econômica, mas reconhece que há um trabalho a ser feito. “Com ambos registrando considerável evolução, nos confirmam que temos motivo para comemorar. Mas a reorganização da economia baiana requer muitos esforços e temos trabalhado arduamente para isto” ressalta o secretário.

O valor monetário do agronegócio da Bahia totalizou R$ 33,8 bilhões, segundo dados da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). No segundo trimestre do ano, todos os subsegmentos do agronegócio expandiram, principalmente a agroindústria e a produção agrícola. Entre as culturas que mais apresentaram resultados  estão a produção física de soja com crescimento de 12,6%; banana com crescimento de 3,4%; uva (15,3%) e batata (93,5%). Já as culturas de milho, feijão, algodão, mandioca e tomate  registraram queda na produção física.

O secretário de Agricultura, João Carlos Oliveira, atribui esse crescimento ao trabalho desenvolvido entre Governo da Bahia e segmento. “Os 8,5% de acréscimo ao PIB do Agro, noticiados agora pela SEI, só confirmam esse crescimento consistente que é resultado do trabalho sério do Governo do Estado e da SEAGRI junto a todas as cadeias produtivas. E esse trabalho vai continuar a render frutos, referendando a força da agropecuária baiana, criando empregos e renda, fixando as famílias no campo com qualidade de vida e, por tudo, contribuindo para que a Bahia se agigante cada vez mais”, acrescenta João Carlos.

O resultado do ICEB, em indicador mensurado numa escala de -1.000 a 1.000 pontos apresentou melhoria de 60 pontos, se comparado a julho. O resultado corresponde ao quinto avanço do mês, fortalecendo a trilha de recuperação da confiança empresarial. Se comparado ao ano anterior, representa o crescimento de 260 pontos.

Relacionadas