Esporte
Compartilhar

Briga judicial entre Globo e Conmebol pela transmissão da Libertadores é encerrada

Por Redação LDNotícias no dia 25 de out - 17h17 | Foto: Andres Stapff/Divulgação

Briga judicial entre Globo e Conmebol pela transmissão da Libertadores é encerrada

Em anúncio feito na tarde desta segunda-feira (25), a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), responsável pelo futebol sul-americano revelou fim da briga judicial com a TV Globo, envolvendo a rescisão contratual dos direitos de transmissão da Libertadores pela emissora.

"Conmebol e Globo chegaram a um acordo e decidiram encerrar a arbitragem em curso na Suíça por conta da rescisão do contrato de direitos da Copa Libertadores de 2019 a 2022", escreveu a entidade.

Assim, a Globo está apta a participar das negociações para transmitir a Libertadores no pacote de 2023 a 2026. O pacote de TV aberta ficou com o SBT até o fim de 2022 e o de TV fechada é comercializado pela Conmebol TV.

Na atual configuração, o campeonato é exibido pelo SBT na TV aberta e pelo Grupo Disney (Fox Sports e ESPN) na TV fechada, além do pay-per-view da Conmebol TV e transmissões via Facebook.

A briga judicial teve início no final de 2020, quando a Conmebol entrou com um processo contra a emissora pedindo indenização pela rescisão do contrato da Libertadores. O valor correspondia pelo menos US$ 120 milhões (R$ 653 milhões na época), porém o caso ficou estacionado em uma corte suíça.

Relacionadas