Brasil
Compartilhar

Ao menos 43 cidades de SP cancelam Carnaval por causa da Covid

Por Redação LDNotícias no dia 23 de nov - 14h10 | Foto: Luiz Guadagnoli/SECOM/Divulgação

Ao menos 43 cidades de SP cancelam Carnaval por causa da Covid

Ao menos 43 cidades do interior de São Paulo não terão Carnaval de rua em 2022. O temor é que o evento, sinônimo de aglomeração, favoreça a propagação de Covid. Entre os municípios que cancelaram o evento estão Mogi das Cruzes, Ubatuba e Taubaté.

O Carnaval de rua de 2022 na capital paulista ainda depende das aprovações dos órgãos de Saúde que avaliam o cenário epidemiológico da pandemia da Covid-19. A prefeitura recebeu 867 inscrições de desfiles de blocos de rua –os cortejos serão entre os dias 19 de fevereiro e 6 de março.

Em Franca, o prefeito Alexandre Ferreira (MDB) anunciou nesta segunda-feira (22) que não haverá eventos promovidos pela prefeitura no Carnaval do ano que vem.

Ele alegou que o trânsito de pessoas de outros municípios para a cidade é uma preocupação, mesmo com a maior parte da população já tendo recebido duas doses da vacina contra a Covid-19.

"Atravessamos a pior fase da pandemia neste ano. Todos nós sofremos muito, perdemos muitas pessoas. [...] Depois de tanto sofrimento, tanta angústia, dor e esforço, não podemos mais correr riscos", afirmou o prefeito.

Numa reunião conjunta em Guariba (a 339 km de São Paulo), 12 prefeituras decidiram não realizar o Carnaval do ano que vem, entre elas Jaboticabal, Taquaritinga e Monte Alto.

"Foi decidido por unanimidade que as cidades não realizarão o Carnaval em respeito às vítimas da Covid-19 e também o receio de uma nova onda do coronavírus", afirmou o prefeito de Guariba, Celso Romano (PSDB).

Na última terça-feira (16), a Secretaria de Cultura de Taubaté se reuniu com os presidentes de escolas de samba e blocos da cidade e informou sobre o cancelamento do Carnaval do ano que vem.

A prefeitura propôs que as escolas organizem ações em suas sedes ou barracões, respeitando as regras sanitárias, e prometeu dar o apoio necessário para isso.

Em nota, a Prefeitura de Mogi das Cruzes diz que a Secretaria de Cultura estuda formas de suprir a demanda artística.

Em suas redes sociais, a Prefeitura de Lins afirma que a pandemia ainda não acabou e, por isso, foi cancelado o investimento público. "O ano de 2022 será de apoio e reestruturação dessas entidades [escolas de samba] para que nos próximos anos tudo possa voltar à normalidade."

Para justificar o cancelamento da festa em Cunha, a prefeitura afirma que, além da possibilidade de um novo surto de Covid, quer respeitar o enlutamento de quem perdeu familiares para o vírus. O argumento é utilizado também pela Prefeitura de Monteiro Lobato.

Já a Prefeitura de Suzano diz que a decisão foi tomada após estudo técnico da Secretaria Municipal de Saúde junto ao Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19).

Para cancelar o Carnaval de 2022, a Prefeitura de São Bento do Sapucaí afirma que levou em conta a dificuldade em controlar e manter os protocolos sanitários com a presença de turistas e moradores.

Em Santo Antônio do Pinhal, a prefeitura cancelou o evento, mas prometeu avaliar a possibilidade de realizar a festa em breve. "O Carnaval a gente terá uma próxima oportunidade, quem sabe mais a frente, no segundo semestre, se tudo correr bem. Assim como outras cidades também colocaram essa situação, poderemos fazer um Carnaval fora de época", disse o prefeito Anderson José Mendonça, o Parrão (PSDB) à rádio Pinhal FM.

Veja a lista das cidades que já decidiram cancelar o carnaval:

- Botucatu

- Lins

- Itápolis

- Ibitinga

- Borborema

- Sorocaba

- Jundiaí

- Cabreúva

- Jarinu

- Campo Limpo Paulista

- Várzea Paulista

- Itatiba

- Itupeva

- Marília

- Mogi das Cruzes

- Poá

- Suzano

- Salesópolis

- Potirendaba

- Franca

- Mogi das Cruzes

- Monteiro Lobato

- São Bento do Sapucaí

- Barrinha

- Jaboticabal

- Pitangueiras

- Guariba

- Pradópolis

- Taquaritinga

- Dumont

- São Simão

- Santa Ernestina

- Guatapará

- Monte Alto

- Dobrada

- Cunha

- Natividade da Serra

- Ubatuba

- Taubaté

- Santa Isabel

- Roseira

- Paraibuna

- Santo Antônio do Pinhal

Por Folhapress

Relacionadas

Assista no Youtube

‘Se acontecer, que aconteça da forma tradicional’, defende Tinoco sobre o carnaval

25 de nov - 09h25