Política
Compartilhar

‘Se acontecer, que aconteça da forma tradicional’, defende Tinoco sobre o carnaval 

Por Alexandre Galvão no dia 25 de nov - 08h44 | Foto: Reprodução / Youtube

‘Se acontecer, que aconteça da forma tradicional’, defende Tinoco sobre o carnaval 

Presidente da Comissão de Acompanhamento do Carnaval e Festas Populares, o vereador Claudio Tinoco defendeu que a maior festa popular do mundo aconteça de forma tradicional – e não somente indoor, como alguns apontam. 

“Não defendo carnaval só indoor. Quero equidade. Espero que as pessoas que não tem como comprar se divirtam. Se acontecer, que aconteça da forma tradicional”, afirmou, em entrevista ao programa Ligação Direta, da Salvador FM.

Tinoco, no entanto, ressaltou que o mês de janeiro deva ser definidor do futuro da festa – como aponta a Fiocruz. 

“A comissão trabalha desde agosto desse ano, a gente reconhece a necessidade de analisar o efeito da pandemia. Obtivemos um documento, da instituição das mais competentes, que é a Fiocruz. Documento que sugere recomendações, dentre elas essa perspectiva de cenário futuro. Sugere só a partir de janeiro uma aferição maior, tendo em vista as festas de fim de ano e as férias”, indicou. 

Relacionadas